Publicado em 30.09.2016

Saiba porque os nutracêuticos nos tornam mais saudáveis

Hipócrates, o Pai da Medicina, já dizia a 400 a.c.: "Que seu remédio seja seu alimento e que seu alimento seja o seu remédio". Ou seja, naquela época ele já compreendeu que, por meio da alimentação, podemos contribuir para a nossa saúde ou deixar o organismo vulnerável às doenças.

Hoje, em pleno século XXI, a grande maioria das pessoas ainda não leva à sério a frase daquele célebre médico. Basta ver o que compõe a dieta da população: calorias em excesso, alimentos processados, com conservantes, pobres em nutrientes, refrigerantes, fast foods, pouca variedade de frutas, verduras e legumes, etc. O resultado de tudo isso, estão nos índices cada vez mais crescentes de doenças crônicas e degenerativas, cânceres, infecções oportunistas, etc.

Está na hora de repensar a vivência da frase de Hipócrates, com a inserção em nosso cotidiano de hábitos saudáveis de alimentação (e consequentemente de vida). Dentro desse contexto, e como um grande aliado nessa busca por saúde (através dos alimentos),  inserem-se  os nutracêuticos, os suplementos nutricionais.

Onde surgiu essa palavra?

Esse  termo foi  criado em 1990, pela Fundation for Innovation, dos Estados Unidos, para nominar uma nova área de pesquisas biomédicas que nascia naquela época e que estudava as substâncias naturais com efeitos benéficos à saúde (ingredientes, alimentos específicos, funcionais ou suplementos alimentares).  

O que compõe os nutracêuticos?

Eles tem como princípios ativos pequenas frações de nutrientes fundamentais para o nosso organismo. Essas pequenas frações são chamadas de micronutrientes. Como exemplos, podemos citar: selênio, zinco, ômega 3, magnésio, cálcio, ferro, vitaminas, etc.

Por que são eficazes?

Os produtos nutracêuticos são eficazes porque, ao serem ingeridos, são absorvidos de maneira rápida e transportados para o interior das células, desempenhando funções bem específicas e certeiras.

O que fazem em nosso corpo?

Desempenham funções antioxidantes, anti-inflamatórios, anticancerígenos, antibacterianos, fortalecedores do sistema imunológico, entre outros. Ou seja, cumprem plenamente as missões para as quais foram feitos. 

Como se beneficiar dos nutracêuticos?

É muito simples. Basta fazer a suplementação nutricional diária com produtos de excelente qualidade e de procedência comprovada.  

 

Para saber mais sobre o que nossos produtos podem fazer por você, clique na imagem abaixo.